FANDOM


Poseidon.png

Poseidon, deus dos mares.

Imortais são seres que são imunes à morte por qualquer meio convencional, que é o que os separa dos mortais comuns. Esta categoria inclui os deuses egípcios, nórdicos e greco-romanos, os Titãs, os Gigantes, monstros e alguns semideuses que aceitaram a imortalidade também. Houve também casos em que um mortal ou semideus foi dotado com imortalidade pelos deuses, geralmente como uma recompensa por grande heroísmo, por exemplo Hércules, ou para que se unam em casamento com um deus, como nos casos de Psique e Ariadna. As Caçadoras de Ártemis são dotadas de imortalidade, desde que mantenham seu voto de virgindade e não caiam em batalha. Os einherjar de Odin também são concedidos com imortalidade (dentro de Valhalla) até Ragnarök. Ninfas e sátiros podem ser considerados imortais no sentido de que eles nunca morrerão de idade. Eles estão, no entanto, sujeitos à morte por outros meios.

Características Editar

Imortais são imunes à morte em qualquer forma. Eles não envelhecem, nem podem morrer de veneno ou doença. Eles são imunes a todas as armas que os mortais usam, pois eles não são forjados a partir de metais mágicos como o bronze celestial, ferro estígio, ouro imperial ou ossos de aço (só deuses nórdicos). Se seus corpos são de alguma forma prejudicados ou destruídos, eles acabarão por se reformar, embora a duração desse processo possa variar de dias a séculos. Quase todos os imortais têm habilidades sobrenaturais muito superiores às dos mortais normais, e eles são normalmente escondidos da visão humana pela névoa. No entanto, os imortais tendem a mostrar alguma previsibilidade, e a maioria tende a ser muito orgulhosa, arrogante, não dispostos a aceitar a ajuda de seres menores até ao ponto de desaparecer. Igualmente, os imortais tendem a seguir "testes padrões", como a Segunda Guerra Olímpica e a Guerra dos Gigantes que são história apenas que repetem-se.

Limites Editar

Deuses Egípcios Editar

Ra.png

Ra, o Deus do Sol e antigo faraó dos deuses.

A imortalidade dos deuses egípcios tem limites:
  • Assassinato e Banimento de Duat: Deuses egípcios podem ser banidos de volta para o fundo do Duat ou podem ser mortos, o que é possível, ou por enrolá-los através de itens mágicos muito poderoso e eficaz, como as Sete Fitas de Hathor. Um mágico também pode bani-los através de certos feitiços que exigem seus nomes secretos ou através da execração. No entanto, eles eventualmente retornarão, como matar um deus apenas mata seu corpo mortal e drena seu poder, e o banimento acabará eventualmente.
  • Execração das Sombras: Deuses podem realmente ser permanentemente destruídos se um mágico lançar um feitiço de execração em seu sheut. De acordo com Carter Kane, isto é porque se uma pessoa não molda nenhuma sombra em tudo, sua existência é sem sentido. Destruir um sheut corta todos os laços com o mundo mortal que um ser tem, bem como o fato de que o sheut é uma parte importante da alma. Isso foi usado para destruir Apófis, através da tomada dos poderes combinados de Carter e Sadie Kane, bem como Hórus e Ísis para fazê-lo sem destruir Carte e Sadie no processo. Os deuses guardam o conhecimento deste segredo assim que não podem ser usados de encontro a eles, porque um mágico que ameaça execrar seu sheut é uma chantagem super eficaz contra um deus.
  • Dependência da Força de Vida de Ra: Se Ra, o deus do sol, está perdido, os deuses começam a perder poder lentamente. Pior, se Ra for de alguma forma destruído (por meio da execração da sombra, por exemplo), todos os outros deuses também são destruídos.
  • Depleção de Energia: Bast mencionou que é possível que os deuses deixem de existir se gastarem muita energia sem parar e sem descansar. No entanto, isso é claramente exagerado, assim como Bast e Apófis duelaram continuamente por milhares de anos sem parar, mas não deixaram de existir.

Deuses Greco-Romanos Editar

Zeus.jpg

Zeus, o Rei dos Deuses.

A imortalidade dos deuses greco-romanos e titãs também tem um limite:
  • Dispersão: Se o corpo de um ser imortal é suficientemente danificado, eles podem ser enfraquecidos em um estado onde eles não podem mais reformar (por muitos séculos, pelo menos), até ao ponto de não ser capaz de reunir uma consciência completa. Urano, Cronos e Gaia são os únicos imortais conhecidos a ter sucumbido a este destino. As poucas armas poderosas o suficiente para destruir os corpos dos imortais de tal maneira são a Foice de Cronos, raio mestre de Zeus e o tridente de Poseidon.
  • Prisão Segura: Os imortais também podem ser selados em prisões extremamente seguras, como a fortaleza de bronze nas profundezas do Tártaro, que foi o destino da maioria dos Titãs. Atlas estava notavelmente preso no Monte Ótris, incapaz de sair enquanto o peso incrível de sua carga celestial repousava em seus ombros.
  • Assento de Destruição de Poder: Os imortais são sempre severamente enfraquecidos quando seus tronos (que representam seus assentos de poder) são destruídos. Zeus finalmente usou esse método para prevalecer contra os Titãs no final da Primeira Titanomaquia, e Cronos foi quase bem sucedido em usar o mesmo método contra os Olimpianos no final da Segunda Titanomaquia. O Rei dos Gigantes Porfírion teorizou que um enfraquecimento semelhante, mas ainda mais grave dos olimpianos poderia ser alcançado pela destruição do Partenon de Atena, já que ele estava localizado nas "raízes" dos deuses.
  • Enfraquecimento: Os imortais também podem "desaparecer" no nada, deixando de existir, se perderem a vontade de viver, o que aconteceu a vários seres imortais, como Hélio, , Selene, os dois irmãos de Briareu e as duas irmãs de Medusa. Eles também representam o estado de seu reino como mostrado por Poseidon.
  • Absorção da Essência por Tártaro: O infernal Senhor do Abismo, Tártaro, tem a capacidade de sugar seres para o redemoinho de escuridão em seu rosto, o que ele fez com a essência imortal de Hiperíon e Crio. Nesse sentido, o Tártaro pode tecnicamente "matar" deuses, titãs e gigantes absorvendo sua essência imortal em sua armadura por longos períodos de tempo.
  • Vazio do Caos: Acredita-se que o Caos é uma das poucas coisas capazes de matar verdadeiramente um imortal (possivelmente absorvendo sua essência divina permanentemente, sendo impossível escapar), como Zeus manteve Hera sobre o Caos após sua rebelião, ameaçando deixá-la cair no vazio.

Deuses Nórdicos Editar

Odin.jpg

Odin, o Todo-Pai de Asgard.

A imortalidade dos deuses nórdicos também tem um limite:
  • Maçã-Induzida da Juventude: Os deuses nórdicos rapidamente envelhecerão e se enfraquecerão quando forem incapazes de comer as maçãs da juventude de Idunn regularmente, mostradas quando elas foram sequestradas por Utgard-Loki em uma ocasião.
  • Mortalidade: Os deuses nórdicos, embora extremamente difíceis de matar (Mimir sobreviveu ao ser decapitado, por exemplo), não são completamente imortais (ao contrário dos deuses greco-romanos), pois a maioria deles estão destinados a morrer durante Ragnarök, o crepúsculo dos deuses nórdicos. Seres ou armas com o poder de matar deuses nórdicos são os seguintes:
    • Outros Deuses: Loki e Heimdall estão destinados a matar uns aos outros.
    • Surt: O Senhor de Muspellheim, que está destinado a usar Sumarbrander para matar Frey.
    • Fenris Wolf: O lobo feroz está destinado a matar Odin.
    • Garm: O cão de guarda manchado de sangue de Hel está destinado a matar Tyr.
    • Jormungand: A Serpente Mundial, destinada a matar Thor.
    • Visco Branco: A única fraqueza do invulnerável Balder, ainda que pertence a ele apenas.
    • Mjølnir: o martelo de Thor, com o qual ele ameaçou matar Loki várias vezes.

Heróis Editar

Tanto na mitologia grega antiga quanto na série, os heróis que se distinguiram por seu talento notável receberam a escolha de se tornarem imortais. No entanto, é possível para o herói escolhido de rejeitar o dom.

Hércules Editar

Hércules era filho de Zeus. Ele era um grande herói conhecido pelos Doze Trabalhos de Hércules. Os deuses reconheceram isso e ele foi feito imortal após sua morte.

Percy Jackson Editar

Enquanto não era imortal, foi dada para Percy Jackson a escolha da imortalidade depois que ele derrotou o titã do mal, Cronos. Percy recusou, decidindo que preferia estar com Annabeth Chase do que viver para sempre. Isso causou um momento de confusão para os deuses, já que a maioria dos mortais aceitaria o dom da imortalidade. Ele o fez, no entanto, por um momento, dizendo que nunca envelheceria, nunca morreria e poderia evitar o que o Destino lhe mostrou: toda a sua vida brilhando diante dele até sua morte. No final, ele recusou o presente e em vez disso fez um pedido aos deuses para tornar as vidas melhores para semideuses e deuses menores (e também para os titãs do bem).

Caçadoras de Ártemis Editar

Thalia Grace.jpg

Thalia Grace, a tenente de Ártemis.

As Caçadoras de Ártemis são donzelas leais e irmãs de armas de Ártemis. Elas juraram um juramento a ela, jurando permanecer virgem para sempre. Com isso, eles se tornaram imortais. Eles não podem morrer de doença ou idade, mas podem morrer em batalha. Se quebrarem seu voto à Ártemis apaixonando-se, tornam-se cada vez mais mortal. As Caçadoras também ganham mais velocidade, força e se tornam especialistas com arco e flecha, como Ártemis, que juntamente ao seu irmão Apolo, são os arqueiros gêmeos. Bianca di Angelo disse que se sentia diferente depois de fazer o seu juramento e tornar-se imortal. Thalia Grace afirmou que ela devia se juntar à Caçada pois ela nunca sentiu paz desde o Acampamento Meio-Sangue, e ela sentia como se ela agora tivesse uma família com as Caçadoras. Isso pode ser porque o tempo se moveu mais devagar quando ela era um pinheiro, e parecia acelerar como um ser humano, e abrandou novamente quando ela se tornou imortal.

Gigantes Editar

Os filhos gigantes de Gaia e Tártaro são imortais e conseguem se curarem de feridas mortais a velocidades incríveis, a menos que sejam mortos pelos esforços combinados de um semideus e um deus greco-romano. Está implícito, mas nunca confirmado, que um gigante também pode ser morto por um semideus trabalhando em conjunto com um Titã.

Alcioneu Editar

O único dos gigantes com uma forma diferente de imortalidade é Alcioneu, enquanto ele permanecer dentro de seu território nativo (Alasca em O Filho de Netuno), ele se regenerará após feridas mortais a velocidades incríveis, com ou sem ajuda divina. No entanto, quando retirado desse território, o gigante pode ser morto por qualquer meio.

Einherjar Editar

Os einherjar de Odin não podem ser mortos enquanto permanecerem dentro de Valhalla, e simplesmente continuarão ressuscitando de ferimentos mortais toda vez. Eles, no entanto, não têm essa capacidade fora do hotel, por exemplo, enquanto eles visitam qualquer um dos Nove Mundos, onde eles são transformados em mortais pro completo.

Monstros Editar

Enquanto monstros podem envelhecer, a maioria dos monstros não pode morrer como os mortais fazem e, eventualmente, voltar. Sempre que um monstro é morto, sua essência retornará ao Tártaro e se restaurará, permitindo que eles retornem ao mundo mortal. Isso é um fato para quase todos os monstros, dando-lhes alguma forma de imortalidade fazendo com que eles nunca possam morrer. No entanto, o tempo que leva para a restauração pode levar alguns dias, alguns séculos ou ate alguns milênios.

Há exceções, no entanto, como nem todos os monstros morrem da mesma maneira. Sátiros, por exemplo, serão reencarnados em algo na natureza quando morrem (como um louro). Além disso, driádes e ninfas da água pode viver para sempre, enquanto a coisa a qual a sua força de vida está ligada não seja destruído (vida vegetal e corpos de água, respectivamente). Se sua força vital for destruída, eles também morrerão.

Enfraquecimento Editar

Enfraquecimento é a única maneira verdadeira para a maioria dos imortais morrer. No caso de um deus, se o seu reino é destruído ou não há pessoas o suficiente que acredite nele, como no caso de Pã, eles desaparecerão da existência. No caso dos irmãos de Briareu, eles haviam desaparecido porque ninguém acreditava neles, mas Percy sugeriu que eles também deixaram de acreditar em si mesmos. O mesmo pode acontecer com monstros se não forem suficientes as pessoas se lembrando deles, mas Gaia conseguiu encontrar uma maneira de reverter isso de alguma forma, como quando ela trouxe de volta as irmãs de Medusa, que tinha desaparecido em O Ladrão de Raios.

Curiosidades Editar

  • Quando Grover Underwood explica a Percy sobre o que significa ser imortal em O Ladrão de Raios, Percy acha que soou como um bom negócio. No entanto, quando ele foi oferecido a tornar-se imortal em O Último Olimpiano, ele se recusou a favor de outro presente.
  • Marte parece acreditar que os mortais têm isso fácil porque podem morrer, e disse algo ao longo das linhas dele em O Filho de Netuno enquanto conversava com Frank Zhang.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória